ENTREVISTA ESPECIAL MICHEL TEMER

“Nossa democracia tem servido de exemplo para outros países”

Na quarta-feira (28/nov), ele era presidente em exercício. Na quinta e na sexta, já no Peru, representante do Brasil na Cúpula dos Chefes de Estado e de Governo da União de Nações Sulamericanas (Unasul). Em 1º de dezembro, o compromisso era a posse do novo presidente do México, Enrique Peña Nieto. Esse pequeno corte na agenda do vice-presidente da República Michel Temer mostra bem a importância do papel que exerce no governo federal. Reconhecido pela habilidade política, foi deputado por seis mandatos e por três vezes presidiu a Câmara dos Deputados, além de presidir há mais de uma década o maior partido do país, o PMDB. Formado em Direito pela Universidade de São Paulo, possui o título de Doutor em Direito pela Pontifícia Universidade Católica (PUC-SP). Temer concedeu essa entrevista exclusiva à rede formada pelos Diários da ADI-BR/Central de Diários e afirmou: O Brasil mudou sensivelmente sua imagem no exterior. Hoje, o estrangeiro vê nossas instituições totalmente solidificadas, porque elas vivem em harmonia.

Que papel o senhor tem desempenhado no governo federal?

Temer – O papel do vice-presidente da República está definido na nossa Constituição, que se resume a substituir a presidente, no caso de ausência do país. Também, sou indicado para missões especiais pela presidente, como coordenar o Plano Estratégico de Fronteiras que engloba ações de diversos ministérios, como da Defesa e Justiça, no combate ao crime na faixa de fronteira. Presido comissões bilaterais com a China e a Rússia, que têm o objetivo de melhorar e expandir as relações entre nossos países. Neste sentido, a presidente Dilma tem me designado para missões ao exterior em ocasiões em que ela não pode participar. Foram os casos das viagens para a Coreia do Sul, Líbano, Moçambique, Grã-Bretanha, Paraguai, Turquia, Suécia, Itália, Estados Unidos e Rússia. Destaco minha última viagem à Alemanha, para onde levei um grupo de empresários e mantive reuniões com a chanceler Ângela Merkel, com o presidente da República, Joachim Gauk, e o presidente do Parlamento, Norbert Lammert. E trouxe para o Brasil uma proposta para a criação de um mecanismo bilateral semelhante ao que temos com chineses e russos.

Como avalia a crise financeira internacional e os efeitos sobre o Brasil?

Temer – Nesta viagem à Alemanha, confirmei um sentimento que já temos no governo: o de que o Brasil deve encarar esta crise com toda responsabilidade, mas também como uma oportunidade. Os alemães querem aproveitar a saúde e a potencialidade de nossa economia para ajudá-los a sair da crise em que está a Europa. Isso se daria por meio do incremento de investimentos alemães no Brasil e vice-versa. Há, também, a expectativa de que possamos investir nos países europeus em que os efeitos da crise são mais agudos, como Espanha e Portugal. E foi, justamente, na Espanha que a presidente Dilma e o primeiro-ministro, Mariano Rajoy, falaram sobre o aumento do comércio entre a União Europeia e o Mercosul. Portanto, não descuidamos dos efeitos da crise no nosso país e estamos voltados para sair dela maior do que entramos.

O investidor estrangeiro já vê no Brasil um ambiente seguro do ponto de vista econômico, jurídico e político?

Temer – O Brasil mudou sensivelmente sua imagem no exterior. Hoje, o estrangeiro vê nossas instituições totalmente solidificadas, porque elas vivem em harmonia. Nossa democracia tem servido de exemplo para outros países. Eleição após eleição, damos mostra de um amadurecimento absoluto, cenário muito próspero para quem quer investir. Do ponto de vista econômico, tiramos 40 milhões de pessoas da pobreza e estamos nos tornando um país de classe média. Esse grande mercado interno, em ascensão, é um forte atrativo para empresas daqui e as de fora. Porque esta nova classe média está consumindo cada vez mais, o que obriga a um grande incremento na produção.

As medidas econômicas do governo federal para diminuir os efeitos da crise são suficientes? Ou virá mais?

Temer – O governo agiu e age prontamente para evitar maiores efeitos da crise europeia. Apesar de vermos outros países entrando em recessão, nosso país vai crescer em 2012. Nossa indústria está se recuperando. E isso deve ser creditado às medidas que temos tomado. Contamos muito com nosso mercado interno para alavancar a produção industrial. Mantivemos a diminuição de impostos para eletrodomésticos e automóveis e facilitamos, de forma responsável, o acesso ao crédito. Hoje, vemos os juros nas menores taxas históricas e a inflação sob controle. A expectativa é de que 2013 será um ano melhor do que 2012.

O setor produtivo fala muito na baixa competitividade por causa do Custo Brasil. Haverá um esforço para desoneração?

Temer – Já estamos no caminho da desoneração. Temos a baixa temporária para o IPI de diversos produtos, e promovemos a desoneração sobre a folha de pagamento, o que se reflete positivamente no faturamento de empresas de diversos setores e estimula a criação de novos empregos, a partir de janeiro do ano que vem. Para o governo, será uma renúncia fiscal de R$ 60 bilhões em quatro anos. Um grande atrativo para empresas nacionais já instaladas e para as que vierem a se instalar por aqui.

O país está no caminho certo para a retomada do crescimento?

Temer – Todo conjunto de medidas que o governo está tomando para atrair investimentos estrangeiros, melhorar nossa infraestrutura, desonerar o empresário, diminuir o custo dos produtos industriais e da energia elétrica e facilitar o acesso ao crédito tem tido resultados visíveis. Além de todos os índices macroeconômicos mostrarem uma economia saudável, repito, num cenário de crise internacional, vemos que grandes empresas globais anunciam investimentos no Brasil. Em novembro, tive o prazer de participar da inauguração de uma unidade da Hyundai em Piracicaba, no interior do estado de São Paulo, um investimento de US$ 700 milhões. E, em outubro passado, a BMW anunciou a abertura de uma fábrica em Santa Catarina, no valor de US$ 260 milhões. São sinais de que estamos no caminho certo.

Créditos das Fotos:

Abertura: Aluízio de Assis

Leave a Comment

Your email address will not be published.

Política Relevantes

Jerônimo entrega na ALBA projeto que reorganiza carreira de professores indígenas

post-image

A Assembleia Legislativa recebeu ontem o projeto de lei do Poder Executivo que reestrutura a carreira do professor e da professora indígena no quadro do magistério público do Estado. O texto entregue pessoalmente pelo governador Jerônimo Rodrigues (PT) estabelece a equiparação salarial entre os docentes indígenas e não indígenas.

No Plenário Orlando Spínola, onde ocorreu o ato simbólico da entrega da proposição, autoridades e representantes dos indígenas discursaram a respeito da importância e relevância do texto para a valorização e reconhecimento do trabalho desempenhado pelos professores nas comunidades.

O presidente Adolfo Menezes agradeceu a gentileza do governador em entregar pessoalmente o projeto de lei e classificou o momento como histórico para o Parlamento baiano. Já Jerônimo lembrou que esta foi a terceira vez em sua administração que compareceu à ALBA para entregar uma proposta de lei com…

Read More
Política Relevantes

TRE-PR forma maioria contra cassação do senador Sergio Moro

post-image

O Tribunal Regional Eleitoral do Paraná (TRE-PR) já tem maioria contra a cassação do senador Sergio Moro (União Brasil-PR) na tarde desta terça-feira (9/4), com placar de 4 a 2 a favor do ex-juiz da Lava Jato.

A sessão desta terça começou com o placar de 3 a 1 contra a cassação de Moro. No primeiro voto, do desembargador Eleitoral Julio Jacob Júnior, a diferença diminuiu, e o placar foi para 3 a 2. Seguindo o voto do relator, Luciano Carrasco Falavinha Souza, o desembargador Anderson Ricardo Fogaça votou contra a cassação do senador.

Jacob Júnior elogiou tanto o voto do relator quanto o que abriu a divergência. No entanto, decidiu aderir ao voto divergente, do desembargador Eleitoral José Rodrigo Sade. Jacob votou pela procedência das ações pela cassação e inelegibilidade de Moro. Ele considerou que houve…

Read More
Política Relevantes

Isaac Carvalho e Joseph Bandeira firmam parceria para eleições 2024

post-image

“A união entre os ex-prefeitos de Juazeiro renova as esperanças dos juazeirenses, que clamam por mudança na gestão municipal. Isaac e Joseph contam com o apoio do Governador Jerônimo Rodrigues e de outras lideranças importantes da base do Presidente Lula”.

Esta foi a conclusão dos presidentes municipais do PT, Luiz Félix, e do PSB, Naldinho do Quidé, após uma reunião que aconteceu com os líderes políticos, neste fim de semana, em Juazeiro. Além dos presidentes das siglas e os ex-prefeitos, participaram do encontro o também ex-prefeito, Paulo Bomfim (PT), o vereador Alex Tanuri (PT), e Aislan Brito, secretário do PSB/Juazeiro.

Para alguns interlocutores, a parceria entre Joseph Bandeira e Isaac Carvalho, além de um marco na política local, fortalece de vez a oposição à atual gestão. Os dois ex-prefeitos contam com o apoio do Governador Jerônimo Rodrigues,…

Read More
Política Relevantes

Moraes abre inquérito contra Musk após ameaças

post-image

O ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), determinou, ontem (7), a abertura de um inquérito contra Elon Musk, dono do X, o antigo Twitter, após ameaças do empresário.

A medida acontece após Musk dizer que liberaria contas que haviam sido suspensas por decisões judiciais. Na determinação, Moraes acrescenta que, se a plataforma não respeitar as medidas judiciais, uma multa diária de R$ 100 mil será aplicada por perfil desbloqueado.

“Na presente hipótese, portanto, está caracterizada a utilização de mecanismos ilegais por parte do “X”; bem como a presença de fortes indícios de dolo do CEO da rede social X, Elon Musk, na instrumentalização criminosa anteriormente apontada e investigada em diversos inquéritos”, diz um trecho.

Na ainda decisão, Moraes pede a inclusão de Elon Musk como investigado em um inquérito já existente,…

Read More
Política Relevantes

Lewandowski diz que foragidos de Mossoró capturados tentavam sair do país

post-image

O ministro da Justiça e Segurança Pública, Ricardo Lewandowski, afirmou, nesta quinta-feira (4/4), que os dois detentos que fugiram da Penitenciária Federal de Mossoró, no Rio Grande do Norte, tentavam sair do país. Eles foram recapturados no início da tarde em Marabá, no Pará.

Rogério da Silva Mendonça, 35 anos, e Deibson Cabral Nascimento, 33 anos, tinham fugido do presídio no dia 14 de fevereiro. Eles aproveitaram uma falha na arquitetura da unidade prisional.

De acordo com Lewandowski, os dois homens receberam ajuda da facção criminosa Comando Vermelho e foram transportados de carro, inicialmente por 34 km, além de receberem suporte de comparsas. 

“Eles foram presos a 1.600 km do local da fuga, o que mostra que foram ajudados e tiveram auxílio de seus comparsas e da associação criminosa a que pertenciam. Eles estavam…

Read More
Política Relevantes

Vice-presidente Geraldo Alckmin é diagnosticado com Covid

post-image

O vice-presidente Geraldo Alckmin (PSB) foi diagnosticado com Covid e não cumprirá agendas na segunda-feira (1), informou a assessoria do político neste domingo (31). Segundo o comunicado, o vice-presidente “tem sintomas leves e passa bem”.

Alckmin, que além de vice é ministro do Desenvolvimento, Indústria, Comércio e Serviços, permanecerá em casa enquanto se recupera da doença.

Geraldo Alckmin e sua esposa, Lu Alckmin, residem no Palácio do Jaburu, residência oficial da Presidência da República que costuma ser utilizada pelo vice-presidente do Brasil.

Esta é a segunda vez que o vice é infectado pelo coronavírus. A primeira foi em 2022, o que impediu que Alckmin comparecesse presencialmente do lançamento da chapa que formou com Lula para a disputa presidencial daquele ano. O político participou virtualmente.

Médico, Alckmin aplicou a quinta dose de…

Read More
Política

Com investimento de mais de R$ 40 milhões, governadora Raquel Lyra entrega a PE-638 totalmente requalificada

post-image

Mais de 388 mil petrolinenses estão sendo beneficiados com a entrega da restauração da PE-638, feita pela governadora Raquel Lyra nesta terça-feira (26). Importante via para o fortalecimento da produção da fruticultura no Sertão do São Francisco, a estrada recebeu investimentos no valor de R$ 40,7 milhões para as obras, que contemplaram o trecho que vai do entroncamento com a BR-428 até o entroncamento com a BR-407, dentro do Perímetro Público de Irrigação Nilo Coelho, em Petrolina.

“Estou muito feliz em estar de volta à Petrolina entregando a requalificação de uma rodovia que era tão solicitada pela população. Agora, os trabalhadores e moradores daqui vão poder transitar com tranquilidade, ainda mais com o guarda-corpo que colocamos para evitar que os carros caiam no canal, e com isso muitas pessoas perderem seus bens e suas vidas”, destacou Raquel Lyra.

Política

Oficina do Planejamento Regional Integrado (PRI) da Macrorregião Norte é realizada em Juazeiro

post-image

Nos dias 21 e 22 de março de 2024, este Núcleo Regional de Saúde Norte/Secretaria de Saúde do Estado da Bahia-SESAB realizou a Oficina do Planejamento Regional Integrado (PRI) da Macrorregião Norte. O evento aconteceu no Rapport Hotel, em Juazeiro-BA.

Na ocasião, participaram os(as) Secretários(as) Municipais de Saúde da macrorregião e seus técnicos de planejamento em saúde. A oficina foi conduzida pelos membros do Grupo Técnico de Trabalho Macrorregional (GTTM) constituído por representantes de municípios, do Núcleo Regional de Saúde, da SESAB e do Ministério da Saúde. O evento foi iniciado com saudações e acolhimento de Dr. Pedro Alcântara, coordenador do Núcleo Regional de Saúde Norte que na ocasião, também, representava o Subsecretário de Saúde do Estado da Bahia, Dr Paulo Barbosa. 

A primeira discussão trouxe como tema: “Macro que temos x Macro que queremos” apresentada pela…

Read More