Entrevista Especial – “Vamos acabar com a miséria que ainda existe, principalmente no interior”

Nessa entrevista exclusiva, Carvalho fala sobre regionalização das ações do governo federal, marco regulatório das comunicações e outros temas.

Um dos poucos ministros que começou no governo Lula e continua com Dilma Rousseff, o petista Gilberto Carvalho se destaca por ter como função coordenar o diálogo entre governo e movimentos sociais. Nascido em Londrina, no Paraná, Gilberto Carvalho é o ministro-chefe da Secretaria-Geral da Presidência da República. Formado em Filosofia pela Universidade Federal do Paraná se destaca também por sua proximidade com os movimentos religiosos, que é claro, tem relação direta com a política, principalmente em votos direcionados por padres e pastores. Nessa entrevista exclusiva, Carvalho fala sobre regionalização das ações do governo federal, marco regulatório das comunicações e outros temas.

 Movimentos Sociais

 Gilberto Carvalho lembra que desde o início do governo do presidente Lula ocorreu um “salto de qualidade” na relação do governo com os movimentos sociais. O ministro informa ainda que no decorrer deste período procurou transformar estas relações não em eventuais “episódios circunstanciais” e, sim, numa relação permanente. Segundo sua visão, esta é uma relação geralmente conflituosa, mas madura, onde governo e sociedade civil organizada têm avançado em importantes conquistas para os trabalhadores e a população em geral.

 “Esta relação foi se aprofundando. Eu diria para você que hoje ela é muito orgânica, ela é muito regular; nós temos uma consulta, temos reuniões permanentes e sistemáticas com as centrais sindicais urbanas, com os movimentos organizados do campo, com os movimentos urbanos, com o movimento pela moradia e enfim, todos os setores que nos procuram.”

 Políticas públicas para o interior do país e regionalização das ações do governo federal

 O ministro esclarece que tanto o governo anterior, do presidente Lula, quanto o atual, da presidenta Dilma, sempre prezaram as relações federativas. E ressalta que sempre foram prioritários os “valores republicanos”.

“Se você perguntar a qualquer prefeito do Brasil, ele vai dizer que nunca o município dele recebeu tantos recursos como nestes dois governos. E isto é muito importante por que as políticas, na prática, acontecem lá no interior do país, lá nas pequenas cidades, nas médias e nas grandes. É onde a população na realidade vive e é ali que ela precisa de recursos, de medidas políticas e governamentais que mudem a sua vida. Então acredito que esta mudança foi fundamental.”

 Desequilíbrios regionais

No entanto, aponta, a questão do combate aos desequilíbrios regionais no Brasil é outra preocupação permanente do governo federal, acompanhada e combatida sistematicamente.

“Se você pegar os dados, vai perceber pelos números sociais e econômicos que as regiões Norte e Nordeste, particularmente, foram as que mais se desenvolveram nos últimos anos, exatamente por conta de uma política dirigida para reequilibrar um pouco as diversidades regionais que nós temos no país.”

 Programa Brasil Sem Miséria

 Gilberto Carvalho detalha que para acabar com a miséria o governo federal está dirigindo uma política especial para promover o desenvolvimento das regiões Norte e Nordeste com o intuito de integrar sua população economicamente.

 “Então são estas as formas, eu diria, que nós estamos tomando. E agora o temos o ‘Brasil Sem Miséria’, outro programa que está focando fortemente nas regiões do interior do Brasil, que são as mais carentes, as regiões deprimidas economicamente, socialmente, e no Nordeste, em particular. Nós detectamos que dos 16 milhões de brasileiros que, infelizmente, vivem ainda abaixo da linha da miséria, a grande parcela está no Nordeste. E na área rural do Nordeste.”

 Apoio dos municípios

 Ainda sobre a regionalização, o ministro Gilberto Carvalho explica que o governo federal estabelece uma política de comunicação que conta com a parceria de municípios.

 “Nós temos pregado e praticado fortemente esta questão de que os prefeitos devem ser suficientemente competentes para elaborar projetos, honestos e também eficazes, na aplicação das políticas, dos recursos federais que nós enviamos para os municípios. E temos tido êxito. Não há dúvida nenhuma de que grande parte dos nossos programas só foram bem sucedidos, e me refiro sobretudo aos programas sociais, porque os prefeitos e suas equipes se mobilizaram e foram ao encontro daqueles que mais precisavam destes recursos.”

 Busca Ativa

 Ele afirma que sem o apoio dos municípios não haveria possibilidade de aplicar esta busca ativa.

“São as prefeituras que vão lá nos ajudar a localizar estas pessoas e a inscrevê-las no programa. Além disso, procuram fazer um trabalho de promoção de alavancagem destas pessoas. No caso do Brasil Sem Miséria, a chamada ‘busca ativa’ é aquela ação em que você procura a pessoa que muitas vezes está tão marginalizada, está tão deprimida, que nem chega ao Bolsa Família, não vai nem se inscrever no Bolsa Família. Então é necessário que você possa ir buscá-la.”

 Organizações da Sociedade Civil

 O ministro destaca também o papel das organizações da sociedade civil, que, pelo trabalho voluntário, se tornam parceiras primordiais na inclusão destas populações desassistidas nos programas federais.

 “Deste conjunto de ação municipal e ação dos movimentos sociais e da própria cidadania é que nós estamos conseguindo realizar esta grande obra de mudança do perfil, de mudança desta situação tão triste e lamentável que nós tínhamos e temos ainda no Brasil, que é de milhares de milhões de irmãos nossos vivendo abaixo da linha da miséria.”

 Marco Regulatório das Comunicações

 O ministro Gilberto Carvalho encerrou a entrevista falando sobre o debate em torno das comunicações no Brasil.

“Já no governo do presidente Lula, nós tínhamos iniciado esse debate e naturalmente ele continua. Vejo com bons olhos o Partido dos Trabalhadores empunhando esta bandeira. E o governo tem que tomar todo o cuidado para realizar uma discussão madura, uma discussão que supere os fantasmas que muitas vezes enxergam nesta questão da discussão do Marco Regulatório, de tentativas autoritárias, quando na verdade é o contrário. O que se quer é a democratização dos meios de comunicação. Nós não queremos fazer confisco, nem aplicar medida autoritária. Queremos, sim, que a sociedade, empresários, trabalhadores da área e população em geral possam debater, de fato, a questão dos meios de comunicação para que a gente aprofunde a democracia, aprofunde a participação. Isso vai, na verdade, dar mais autoridade, vai dar mais alcance para os meios de comunicação, na medida em que ganhem maior credibilidade.”

Foto: José Cruz_Abr

Leave a Comment

Your email address will not be published.

Política

TRE suspende propaganda do PT na Bahia por promoção pessoal de pré-candidato

post-image

O Tribunal Regional Eleitoral (TRE-BA) determinou a suspensão de uma propaganda do PT em Vitória da Conquista, no Sudoeste. A medida foi tomada pela juíza Arali Maciel Duarte, relatora do caso, após recurso interposto pelo partido União Brasil, agremiação a quem pertence a prefeita Sheila Lemos, que concorre à reeleição. As informações são do Bahia Notícias, parceiro da redeGN.

Segundo a decisão, a propaganda serviu como promoção pessoal do pré-candidato do PT no município, o deputado federal Waldenor Pereira, o que configurou desacordo com a legislação eleitoral. O fato decorre da divulgação de mensagens com falas do governador Jerônimo Rodrigues e do próprio Waldenor Pereira.

No caso do deputado federal, ele afirma que “Conquista vai voltar a brilhar. Tá na hora de chegar junto com a Bahia e com o Brasil pra melhorar a sua vida”.

Política

Lula anuncia medidas para aliviar cofres de prefeituras

post-image

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva se comprometeu, nesta terça-feira (21), com uma série de medidas para aliviar o aperto fiscal das prefeituras do país. Entre as medidas estão a manutenção da alíquota previdenciária sobre a folha de pagamento dos municípios em 8%, novas regras para financiamento de dívidas e precatórios e facilitação de acordos para transferências de recursos da União.

Lula discursou durante a 25ª Marcha a Brasília em Defesa dos Municípios, promovida anualmente pela Confederação Nacional dos Municípios (CNM), em Brasília. Conhecida como Marcha dos Prefeitos, durante o evento, os gestores das cidades brasileiras se reúnem na capital para apresentar ao governo federal as demandas locais.

Para o presidente, as reivindicações dos munícipes são justas e merecedoras, e o governo federal vai atendê-las na medida do possível.

“No ano seguinte, está…

Read More
Política Relevantes

Ebrahim Raisi, presidente do Irã, morre em queda de helicóptero

post-image

O presidente iraniano, Ebrahim Raisi, morreu aos 63 anos na queda de um helicóptero, confirmou o Ministério das Relações Exteriores do Irã nesta segunda-feira (20).

Raisi, que foi eleito em 2021 e tinha mandato até 2025, era a segunda pessoa mais importante do Irã, atrás apenas do aiatolá Ali Khamanei, líder supremo do país e de quem o atual presidente era um protegido e possível sucessor. Segundo o blog da Sandra Cohen, a morte de Raisi deve disparar uma disputa feroz pelo cargo.

Segundo a imprensa oficial iraniana, o helicóptero caiu numa região montanhosa do Irã em razão das más condições climáticas durante um voo que transportava Raisi e outras autoridades que voltavam do Azerbaijão.

A queda da aeronave ocorreu entre as aldeias de Pir Davood e Uzi, na província iraniana de Azerbaijão Oriental,…

Read More
Política

Lula cobra agilidade de ministros para liberação de auxílio a moradores do RS

post-image

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) cobrou agilidade de ministros para a liberação do auxílio a moradores do Rio Grande do Sul que foram afetados pelas enchentes.

Muitas pessoas perderam itens pessoais, roupas, eletrodomésticos, móveis, carros e até mesmo as casas em que moravam.

A cobrança foi feita ao longo de um almoço no Palácio da Alvorada, residência oficial da Presidência da República, em Brasília, neste sábado (18).

O pagamento do benefício no valor de R$ 5,1 mil foi anunciado nesta semana e é voltado às famílias que sofreram perdas nas enchentes. A medida provisória que autoriza os pagamentos já foi publicada, mas a portaria com os detalhes da liberação dos valores ainda está sendo construída.

Os ministros relataram ao presidente os principais desafios para garantir que os pagamentos…

Read More
Política Relevantes

Pesquisa: para 55% da população, Lula não merece ser reeleito em 2026

post-image

Por Rosana Hessel

A primeira edição da pesquisa Genial/Quaest sobre a eleição presidencial de 2026 mostra que, se a eleição fosse hoje, 55% da população não daria nova chance ao presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT). Enquanto isso, 42% apoiam a reeleição do petista e os 3% restantes, não sabem ou não responderam, de acordo com o levantamento divulgado ontem.

A pesquisa mostra que 47% dos eleitores poderiam votar para reeleger Lula, mas 49% rejeitam o atual chefe do Executivo. E, assim como na eleição de 2022, Lula tem maior apoio no Nordeste, onde o percentual dos entrevistados que dariam nova chance ao petista é de 60%. Entre os mais pobres, o atual presidente mantém a popularidade, pois entre os que ganham até dois salários mínimos 54% votariam no petista contra 43% que responderam o contrário….

Read More
Política

Período de fechamento do cadastro eleitoral se estenderá até o dia 5 de novembro de 2024

post-image

Desde a última quinta-feira, dia 9 de maio, o cadastro eleitoral está encerrado para solicitações de alistamento, transferência e revisão eleitoral.

O período de fechamento do cadastro se estenderá até o dia 5 de novembro de 2024, conforme determina a Resolução Nº 23.737, de 27 de fevereiro de 2024, do Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

Após essa data, o cadastro será reaberto e o atendimento aos eleitores será retomado nas unidades da Justiça Eleitoral em todo o país.

Os 150 dias em que o cadastro eleitoral permanecerá fechado são destinados à organização das Eleições Municipais de 2024, que ocorrem no dia 6 de outubro (1º turno) e, nos municípios em que  houver 2º turno, acontecerá no dia 27 do mesmo mês.

Alguns serviços permanecerão disponíveis pela internet, como a emissão de certidões…

Read More
Política Relevantes

Eleitora apresenta documento falso em atendimento do TRE-BA e é conduzida em flagrante para Polícia Federal

post-image

Uma mulher foi conduzida em flagrante para a sede da Polícia Federal em Salvador, no bairro Água de Meninos, depois de apresentar documento de residência falsificado durante atendimento no Tribunal Regional Eleitoral da Bahia (TRE-BA). As informações são do Bahia Notícias, parceiro da redeGN.

De acordo com o TRE-BA, o episódio aconteceu nesta segunda-feira (6), quando um servidor da 11ª Zona Eleitoral e a Polícia Judicial do TRE-BA notaram a conduta da eleitora do interior da Bahia. 

A Corte confirma que este é o segundo caso flagranteado pelo TRE-BA em menos de uma semana. “O Órgão segue atento nessa reta final de fechamento do Cadastro Eleitoral para coibir práticas ilícitas, que implicam na segurança das eleições”, afirma o tribunal em nota.

Após a realização do boletim de ocorrência, a suspeita foi levada para audiência…

Read More
Política Relevantes

Governo e Congresso preparam ‘orçamento de guerra’ com pacote de socorro ao RS

post-image

O governo federal e o Congresso Nacional discutem a elaboração de um “orçamento de guerra” com um pacote de socorro ao Rio Grande do Sul. O Estado enfrenta uma calamidade devido às chuvas, que deixaram 75 mortos, além de desaparecidos e desabrigados. Em várias cidades, há imóveis destruídos, além de estradas e pontes colapsadas.

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) levou uma comitiva de ministros, o presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (PSD-MG), e o presidente do Tribunal de Contas da União (TCU), Bruno Dantas, para visitar as áreas atingidas.

Ao levar o grupo para o Rio Grande do Sul, o objetivo do governo é construir um pacote de socorro com respaldo financeiro e jurídico, assim como ocorreu na pandemia de covid-19. O governador do Estado, Eduardo Leite, afirmou que a situação exige um tratamento de “pós guerra”.

No momento,…

Read More