Ventos contrários: Estado pode perder mais de R$ 2 bi com a falta de leilões

eolico 1A Bahia corre risco de deixar de atrair até R$ 2 bilhões em investimentos em cada projeto em matriz energética eólica e solar. Isto porque a falta de novos leilões de energia renovável neste ano compromete o potencial do estado na ampliação de parques eólicos e solares. Cada novo parque gera, pelo menos, 3 mil empregos na fase de construção.

A estimativa de perdas  é da Secretaria de Desenvolvimento Econômico do Governo do Estado (SDE). Segundo o superintendente da pasta, Paulo Guimarães, sem novas concessões, o impacto na cadeia produtiva de geração de energia eólica é muito grande. “Perde todo mundo quando não tem leilão, principalmente quem tem maior potencial. Novas fronteiras eólicas estão surgindo no mundo e outros países têm bons ventos também e podem ganhar a preferência por conta deste entrave”, afirma, lembrando: “Cada aerogerador paga ao proprietário de terra (no semiárido) algo em torno de R$ 1 mil a R$ 2 mil por mês e a terra segue disponível para que o proprietário possa continuar plantando a cultura que quiser”.

O mapa dos ventos da Bahia aponta como  melhores áreas para este tipo de empreendimento as localizadas no semiárido, em municípios como  Sento Sé, Caetité e Igaporã. A construção de um novo parque é a etapa seguinte à realização no leilão, quando o governo compra determinado volume de energia. O vencedor do leilão, com a venda garantida, parte, então, para construir os parques e gerar a energia previamente encomendada pelo governo.

A Bahia lidera a capacidade de atração de projetos eólicos no país, com um terço da energia contratada e até 2018 pode chegar a ocupar o primeiro lugar no ranking no número de parques eólicos em operação. Dos 300 novos parques que devem ser instalados no país até 2020, 164 serão em território baiano.

Os ventos baianos são constantes, unidirecionais e sem rajadas, e proporcionam fatores de capacidade acima de 50%. “A gente continua recebendo sinal de interesse de investimento das empresas que estão instaladas aqui, mas todas abortaram projetos de expansão no estado por conta da falta de novos leilões”, assegura Guimarães. “(As empresas) Querem adensar a cadeia produtiva, trazendo novos fornecedores, desde que o mercado aponte condições para isso. Se não tem concessão não tem a quem fornecer”, completa.

Expectativa

De acordo com a Empresa de Pesquisa Energética (EPE), responsável pelos leilões de energia, a última vez que foram contratados novos empreendimentos na Bahia foi em 2015, ano também do último leilão de energia realizado pelo governo federal. Naquele ano, foram duas usinas termelétricas, 18 fotovoltaicas (solar) e 21 eólicas contratadas. “A alegação do governo federal é de que não há demanda de energia e que o país está em crise”, diz Guimarães.

Para a Associação Brasileira de Energia Eólica (AbEEólica),  a expectativa é que um novo leilão, finalmente, possa acontecer no ultimo trimestre deste ano. Isto porque, no dia 31 de agosto, o governo federal vai realizar um leilão de descontratação, que irá reavaliar a demanda por energia, como explica a presidente executiva da entidade, Elbia Gannoum.

“Temos na energia eólica a segunda fonte de energia mais barata, o que a torna mais competitiva. A sobra de energia que o governo coloca como justificativa para a promoção de novos leilões, na verdade, é sobra de papel e projetos atrasados. Com esta descontratação vai ser possível identificar quanto será necessário se contratar de energia. Só no mês de julho, a carga da demanda é de 2,5%. Isso significa que o país vai ter que contratar mesmo. Estamos esperando o leilão para depois de agosto”.

Gargalos

Apesar de a cadeia produtiva adensada ter se tornado o maior diferencial competitivo da Bahia, com a atração de fornecedores de peças e equipamentos para a construção de parques eólicos, o estado tem outros entraves para superar além da falta de leilões. As linhas de transmissão continuam sendo um problema.

O gargalo causado pela falência da Abengoa (empresa espanhola que foi contratada pelo Ministério de Minas e Energia para implantar a linha de transmissão ligando a hidrelétrica de Belo Monte à Bahia) ainda não foi resolvido. “Continua sendo o nosso pior problema até porque a Abengoa segue em recuperação judicial e por isso o processo está parado. Porém, estamos apostando nas linhas da WPR e da Cymimasa, que estão em construção, bem adiantadas, o que não deve impedir a atração de novos investimentos”, diz o superintendente da SDE.

A ausência de novos parques – seja porque motivo for – dificulta a expansão do setor, como avalia o especialista em energia renovável, Rafael Valverde. “Sem as geradoras de energia não tem como o mercado se expandir. Indústrias que produzem equipamentos paralisam a atividade porque perdem a razão de existir sem ter a quem vender”.  Segundo ele, é uma ameaça tanto a curto como em longo prazo. “Estamos falando de uma cadeia que movimenta a economia de várias cidades e que precisa de linhas estruturantes com capacidade de transmissão para outros mercados”.

Fonte: Correio

Leave a Comment

Your email address will not be published.

Política

Amorim diz que é um ‘absurdo’ Israel considerar Lula persona non grata

post-image

O assessor para assuntos internacionais do Palácio do Planalto, Celso Amorim, afirmou considerar “um absurdo” a decisão do governo de Israel de considerar o presidente Luiz Inácio Lula da Silva persona non grata. A medida foi anunciada ontem, um dia depois de Lula comparar a morte de milhares de palestinos na Faixa de Gaza ao Holocausto que matou milhões de judeus durante a Segunda Guerra Mundial.

“Ainda não falei com o presidente e, portanto, vou dar minha opinião: acho um absurdo essa declaração do governo de Israel”, disse Amorim ao GLOBO, momentos antes de chegar ao Palácio da Alvorada, para uma reunião com o presidente.

Outro fator de irritação em Brasília, revelada por interlocutores da área diplomática, foi a convocação do embaixador do Brasil em Israel, Frederico Meyer, para uma reunião com autoridades israelenses no Museu do…

Read More
Política

Com 108 assinaturas, impeachment de Lula já tem destino certo com Lira

post-image

A despeito das mais de 100 assinaturas reunidas na Câmara, entre deputados de oposição e até de partidos da base aliada do governo, o pedido de impeachment de Lula que deve ser protocolado nesta terça-feira (20/2) já tem destino certo: vai repousar em alguma gaveta do gabinete de Arthur Lira.

O presidente da Câmara não vem dizendo publicamente o que vai fazer em relação ao pedido contra o presidente, mas a expectativa de aliados próximos a ele é que Lira não faça nada e sente em cima do papel.

Ou seja: se aceitar o pedido está fora de cogitação, tampouco Arthur Lira o arquivará, o que desagradaria a oposição na Câmara.

O pedido de impeachment de Lula foi articulado depois da comparação feita pelo…

Read More
Política

Apoiadores de Bolsonaro organizam caravanas para ato na Paulista

post-image

Pouco mais de dois dias após a convocação do ex-presidente Jair Bolsonaro para que seus apoiadores participem de uma manifestação na Avenida Paulista, bolsonaristas organizam caravanas de outros lugares no Brasil para irem à principal via de São Paulo.

A reportagem detectou movimentos em Divinópolis (MG), Indaiatuba (SP), Pouso Alegre (MG), São José dos Campos (SP) e São Gonçalo (RJ). Os valores dos veículos fretados varia entre R$ 60 e R$ 200.

Bolsonaristas usam, sobretudo, as redes sociais abertas para divulgar a iniciativa e alcançar mais pessoas. As publicações foram encontradas no Facebook, no Twitter, no Instagram e no Telegram.

Nelas é possível ter informações do local de onde partirão os ônibus, valor de passagem, horário de partida dos veículos e telefone dos organizadores.

Os usuários são então redirecionados para os…

Read More
Política

Bolsonaro convoca ato na Avenida Paulista: “Quero me defender”

post-image

O ex-presidente Jair Bolsonaro está convocando apoiadores para um ato na Avenida Paulista, em São Paulo, no último domingo de fevereiro (25/2).

Por meio de um vídeo, o ex-presidente afirma que estará pessoalmente no evento e que usará o ato para se “defender” das recentes acusações das quais é alvo.

Sem citar nomes, Bolsonaro pede ainda que os apoiadores estejam de verde e amarelo e não levem faixas ou cartazes “contra quem quer que seja”.

“No último domingo de fevereiro, dia 25, às 15h, estarei na Paulista realizando um ato pacífico em defesa do nosso Estado Democrático de Direito. Peço a todos vocês que compareçam trajando verde e amarelo. E mais do que isso: não compareçam com qualquer faixa ou cartaz contra quem quer que seja….

Read More
Política

Em vídeo, Bolsonaro orienta ministros a questionar urnas e Judiciário

post-image

O Supremo Tribunal Federal (STF) tornou público, nesta sexta-feira (09) um vídeo, de uma hora e trinta minutos de duração, de uma reunião na qual o ex-presidente Jair Bolsonaro orienta sua equipe ministerial a disseminar informações que coloquem em dúvida a segurança das urnas eletrônicas e a credibilidade do Poder Judiciário.

Bolsonaro diz que “providências” deveriam ser tomadas para mantê-lo no poder. Ao longo do vídeo, o ex-presidente cita uma série de argumentos que deveriam ser reproduzidos por seus ministros.

O vídeo, gravado em 5 de julho de 2022, é uma das provas apresentadas pelo STF no âmbito da Operação Tempus Veritatis, deflagrada na quinta-feira (8) pela Polícia Federal para investigar uma suposta organização criminosa cuja atuação teria resultado na tentativa malsucedida de golpe de Estado no 8 de janeiro de 2023.

Demonstrando preocupação…

Read More
Política

Ordem do STF determina que Bolsonaro entregue passaporte à Justiça

post-image

O ex-presidente Jair Bolsonaro é um dos alvos da Operação Tempus Veritatis, deflagrada nesta quinta-feira (8) pela Polícia Federal (PF) para investigar a existência de suposta  organização criminosa que teria atuado numa tentativa de golpe de Estado.

O ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), determinou que a PF apreenda o passaporte de Bolsonaro no âmbito da operação. Ordens de prisão também têm como alvo assessores diretos do ex-presidente, incluindo militares. 

A operação é deflagrada após o ex-ajudante de ordens de Bolsonaro, o tenente-coronel Mauro Cid, ter fechado acordo de colaboração premiada junto a investigadores da PF. O acordo foi enviado à Procuradoria-Geral da República (PGR) e já recebeu a homologação pelo STF.

Nesta quinta, estão sendo cumpridos 33 mandados de busca e apreensão e quatro mandados de prisão preventiva. Ao todo,…

Read More
Juazeiro Política Relevantes

‘Juazeiro tem o melhor Carnaval do interior do Brasil’, diz Jordávio Ramos

post-image

O deputado estadual Jordávio Ramos (PSDB) exaltou nesta terça-feira (6/2) o Carnaval de Juazeiro, que ocorreu entre os dias 25 e 28 de janeiro.

“A Prefeitura de Juazeiro resgatou a cultura do Carnaval do povo, trouxe alegria para o povo. Posso dizer que Juazeiro é o melhor Carnaval do interior da Bahia e, por que não, do Brasil. Já que nós baianos sabemos fazer festa como ninguém”, disse.

Jordávio criticou as em gestões passadas por terem feito um Carnaval de curral. “Onde poucos tinham acesso à boas bandas, onde o ambulante não podia vender bebida que ele queria. A gente cumpriu a promessa de fazer um Carnaval acessível”, pontuou.

Para o deputado, a prefeita Suzana Ramos “conseguiu movimentar a economia da cidade”. “A rede hoteleira não tinha mais vagas disponíveis, movimentou o turismo e…

Read More
Política

Jair e Michele Bolsonaro virão à Bahia entre 8 e 9 de março, diz Roma

post-image

O presidente do PL na Bahia, João Roma, anunciou na manhã desta segunda-feira, 5, que o ex-presidente da República, Jair Bolsonaro, e a ex-primeira-dama, Michele Bolsonaro, estarão na Bahia nos dias 8 e 9 de março para atividades do PL Mulher. 


Segundo o dirigente, na oportunidade, a esposa do ex-presidente receberá uma condecoração na Assembleia Legislativa da Bahia (ALBA).

“Temos a vinda da primeira-dama Michele, que vem à Bahia entre 8 e 9 de março, e vai se reunir com líderes políticos de toda a Bahia. E teremos também uma agenda paralela com o presidente Jair Bolsonaro”, disse Roma, em entrevista à Rádio A Tarde FM.

O dirigente partidário salientou que o PL empenhou-se para estruturar diretórios municipais, buscando fortalecer a sigla na Bahia.

“É fundamental que possamos ter essas estruturações…

Read More